Destaques

Vereadora Eliene reivindica teste rápido para Covid-19 nas unidades de saúde de Raposa

Durante a sessão virtual realizada na última terça-feira (06), na Câmara Municipal de Raposa, a vereadora apresentou e conseguiu a aprovação por unanimidade de seus colegas, de um requerimento que propõe a aquisição, por parte da prefeitura da cidade, de testes rápidos do Covid-19 nas unidades de saúde do município.

De acordo com a parlamentar, tal proposição encontra respaldo na dramática situação em que se encontra o Planeta, por conta da elevada taxa de mortandade do coronavírus, uma pandemia que está deixando a Humanidade de joelhos e sem uma definição a curto prazo.

Ele afirma que o que se deve fizer no momento é utilizar todas as armas de defensa contra esse terrível mal.  “Vivemos um momento de pânico, um momento de terror e por isso, devemos redobrar nossos cuidados. Aqui em Raposa já foram verificados vários casos de óbitos e mais de uma dezena de infectados. Por isso é que estou solicitando  nossa prefeita Talita, que adquira esses testes rápidos. Ela vem sendo uma guerreira na luta contra o Covid-19, assim como nós da Câmara Municipal e outros setores da sociedade”, afirmou.

“É hora de cerrarmos fileiras contra esse poderoso e invisível inimigo, que vem dizimando parte da Humanidade em todos os continentes, independentemente de estratificação social. Todo cuidado é pouco e p teste é uma das armas que poderemos utilizar em nossa defesa”, disse a vereadora.

Vereadores de Raposa aprovam projeto que concede 100 por cento de adicional de insalubridade aos profissionais da área de saúde

Por unanimidade, os vereadores de Raposa, em sessão remota realizada na manhã desta quarta-feira (06), aprovaram o projeto de lei de autoria do presidente daquela casa parlamentar, Beka Rodrigues, que concede 100 por cento de adicional de insalubridade para médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e os demais profissionais que atuam na área de saúde, durante todo o período em que durar a pandemia do coronavírus.

A matéria foi bastante elogiada pelos demais membros daquele Poder e a vereadora Maria Eliene chegou a dizer que os profissionais do setor de saúde merecem até mesmo mais do que isso. “Nós estamos em casa, na quarentena, nos protegendo, enquanto eles estão na linha de frente, numa intensa e perigosa batalha para preservar a nossa saúde”, destacou a vereadora.

A Comissão que emitiu o parecer favorável à votação da matéria foi formada pelos vereadores Enoque, Laurivan e Maria Eliene. Por força de um acordo, o projeto foi votado em duas sessões no mesmo dia, para evitar o interstício. Beka Rodrigues argumentou que sua matéria foi inspirada num projeto semelhante, aprovado pela Câmara de São Luís, de autoria do vereador Gutemberg Araújo.

“É um projeto que se fundamenta tanto pela constitucionalidade como pela sensibilidade. Ele é constitucional porque não impõe, mas autoriza ao Poder Executivo arcar com tal despesa”. Quanto à sensibilidade, a situação atual do Planeta, do Brasil, do Maranhão e de Raposa, por conta do Coronavírus, fala por si só. Estamos atravessando uma das mais adversas situações. A Humanidade está em risco, assim como esteve quando das pandemias da Peste Negra, na Idade Média, da Varíola e da Gripe Espanhola, em 1918”, afirmou Beka Rodrigues.

Conforme Beka Rodrigues, os profissionais da área de saúde são autênticos heróis, que estão arriscando a própria vida no combate a um inimigo invisível, mas poderoso e muito letal. Em decorrência disso, ele afirma que eles merecem esse reconhecimento e outros tipos de apoio que a sociedade pode lhes conceder.

Subscreveram o projeto os vereadores Eliene, Laurivan, Ribamar, Magno, Wager, Enoque e Joaquim Souto.

CONTRATAÇÃO DE BOMBEIROS

Nesta mesma sessão, os vereadores aprovaram um projeto de lei encaminhado pela prefeita Talita Laci, em que ela solicitou a autorização da Câmara para a contratação, em caráter temporário de seis bombeiros civis, para integrarem os esforços de combate ao coronavírus. A contratação terá duração ao da pandemia e os bombeiros terão carga horária de 40 horas semanais e salário de R$ 1.045,00.

Convocação

O Presidente da Câmara Municipal de Raposa, no uso de suas atribuições legais, convoca nos termos da Resolução Legislativa Nº 056/2020, todos os vereadores a participarem da Sessão Extraordinária por videoconferência para deliberação remota, das proposições abaixo elencadas, observando-se dentre as referidas matérias o Projeto de Lei que deve cumprir seu rito em duas votações.  A referida sessão será iniciada às 10:00h, do dia 06/05/2020.

Eis as matérias a serem apreciadas e deliberadas:

01-Projeto de Lei Nº 003/2020, de autoria do vereador Beka Rodrigues, que autoriza o Poder Executivo a efetuar o pagamento de 100% do adicional de insalubridade para os servidores da saúde do município, durante o período de pandemia do coronavírus;

02- Projeto de Lei Nº 004/2020, de autoria do Poder Executivo dispõe sobre a contratação por tempo determinado de Bombeiros Civis para atender à necessidade temporária de calamidade pública,  e dá outras providencias.

03- E demais proposições apresentadas pelos vereadores: Vereadora Maria Eliene Sousa da Silva, que solicita aquisição de testes rápidos para COVID-19, nas Unidades de atendimento de saúde, neste Município; Vereador Wagner Fernandes Pereira Barbosa, solicitando em caráter de urgência a adoção das devidas compras do testes rápidos para a detecção do Covid-19 para a aplicação em barreiras no sistema de “drive-thru”, que serão montadas na entrada e outros pontos estratégicos no Município de Raposa. Vereador Wagner Fernandes Pereira Barbosa, solicitando em caráter de urgência a adoção das devidas providencias para a aquisição e distribuição de cestas básicas para as comunidades carentes do Município de Raposa durante todo o período que durar o isolamento social. Vereador Wagner Fernandes Pereira Barbosa, solicitando em caráter de urgência a adoção das devidas medidas para a desinfecção: de locais públicos, paradas de ônibus, mercado do peixe, e as redondezas das casas lotéricas, supermercados e demais pontos comerciais de todo o Município de Raposa.

Câmara Municipal de Raposa, 30 de abril de 2020.

Beoniel BEKA Rodrigues – presidente

Beka Rodrigues solicita à PM flexibilização no uso de capacete para usuários de mototáxi em Raposa

O presidente da Câmara Municipal de Raposa, Beka Rodrigues, protocolou, na tarde desta quinta-feira (23), junto ao comando do  22º Batalhão da Polícia Militar,  ofício em que solicita daquela autoridade uma flexibilização no que tange ao uso de capacete para os passageiros de mototáxi em Raposa. Ele alega que, nesse período de pandemia, os usuários deveriam ser dispensado do uso do acessório de segurança e justifica:

“O capacete do mototaxista é exclusivo ´do condutor, enquanto o do passageiro é utilizado por dezenas de pessoas e pode ser um instrumento de contágio  para o Covid-19. Por isso é que estou fazendo essa solicitação, mesmo sabendo que essa é uma questão de legislação federal, mas que pouca gente está atentando para a gravidade da situação”, revelou. Veja  a cópia do ofício abaixo.

Assista a sessão Virtual 20 de abril 2020 completa

A Câmara Municipal de Raposa realizou sessão virtual na manhã da última segunda-feira, ocasião em que apreciou e votou uma emenda oriunda do Executivo, adicionando recursos e criando ações de combate e prevenção ao Coronavírus.

Na mesma sessão, foram aprovados um requerimento de autoria do presidente Beka Rodrigues, reivindicando a distribuição de máscaras à população, outro do vereador Ribamar Inácio solicitando sala de isolamento na rede hospitalar do município e outro do vereador Magno, pedindo a distribuição de álcool em gel para a comunidade. Todas as matérias formam um elenco de ações de combate ao Covid-19.

Para mais vídeos da Câmara Municipal de Raposa, acesse nosso canal no Youtube.

Em Sessão virtual – Câmara de Raposa aprova proposta do Executivo criando ações de combate e prevenção do Covid-19

Em sessão virtual e extraordinária, convocada pelo presidente Beka Rodrigues, na manhã desta segunda-feira (20), a Câmara Municipal de Raposa aprovou uma  proposta  encaminhada pela prefeita Talita Laci, de emenda ao Programa Plurianual, aprovado em 2017  e com vigência de 2018 a 2021, criando pelo menos três ações na Unidade Orçamentária do Fundo Municipal de Saúde (FMS), estabelecendo ações de compra de equipamentos, combate e prevenção ao coronavírus.

Na primeira rubrica, para a aquisição de equipamentos e material permanente, serão destinados R$ 300 mil este ano e R$ 150 mil em 2021, enquanto que para  as ações de combate propriamente ditas ao vírus, a previsão de gastos são de R$ 700 mil em 2020 e R$ 50 mil no próximo ano. Já para ações de prevenção ao Covid-19 a emenda prevê gastos de R$ 500 ainda este ano e de R$ 50 mil em 2021.

Ao final dos trabalhos, Beka Rodrigues assegurou que a emenda se fundamenta na necessidade de se estabelecer ações urgentes contra a pandemia do coronavírus, que vem dizimando parte da população do planeta, com alguns casos já registrados em Raposa.

“É uma matéria interessante, levando-se em conta o drama enfrentado pelo mundo inteiro, em decorrência desse inimigo desconhecido e letal, que está deixando um rastro de morte, medo, desesperanças e de saudades”, afirmou o presidente da Câmara raposense.

Dos 9 vereadores que participaram da sessão em videoconferência, apenas Wagner Fernandes se manifestou contrário, enquanto Magno da Colônia se absteve de votar.

Favoravelmente, votaram os vereadores Beka Rodrigues; Maria Eliene, Rosa do Araçagy; Ribamar Inácio, Vonei; Enoque e Joaquim Souto;

Ao final dos trabalhos, Beka Rodrigues se mostrou extremamente satisfeito com o resultado final e fez questão de destacar a assessoria do Legislativo de Raposa, que propiciou um trabalho de elevado nível,  que possibilitou uma sessão remota com o que ele considerou  de alto nível técnico.

“A Câmara de Raposa mostra sua sensibilidade e quero aqui agradecer a todos os colegas, por conta da votação que vai permitir ajudar no combate ao Covid-19 e ao mesmo tempo louvar nossa assessoria. Mostramos um bom nível em se tratando da tecnologia e estamos preparados para outras sessões virtuais, se assim for necessário”, finalizou.

1